CARREGANDO

O que você procura

Notícias Vila Mariana

Restaurantes da região evitam repassar custos da crise a clientes

Compartilhar
João Batista, em frente ao seu restaurante Suzaku (Foto: Fuad Ali)

João Batista, em frente ao seu restaurante Suzaku (Foto: Fuad Ali)

Alguns restaurantes da Vila Mariana buscam não repassar o aumento de custos causado pela crise a seus clientes para se manter em meio ao atual cenário. A alternativa adotada pelos estabelecimentos visitados pela reportagem é a diminuição da margem de lucro como forma de preservar o movimento.

O restaurante árabe Al Basha teve de adotar essa estratégia para se sustentar diante da crise. A proprietária Marina Mattar conta que o movimento chegou a cair 40%. Diante desta queda, Marina baixou os preços de seus produtos, o que recuperou 15% da clientela. “Se o estabelecimento não faz isso, fecha”, explica.

A rede de pizzarias Bráz, que tem uma unidade na Vila Mariana, informou por meio de sua assessoria de imprensa que vem apostando em manter a qualidade de seus produtos para atrair a clientela: “Grande parte dos insumos utilizados nas nossas receitas são importados. Acreditamos que eles fazem parte imprescindível da qualidade dos nossos produtos e desde o início da crise temos procurado alternativas em outros produtos, que não esses, para não reduzirmos nossa margem de lucro nem repassar o custo para nossos clientes”.

João Batista Vieira dos Santos, dono do restaurante japonês Suzaku, também acredita que o sucesso de seu estabelecimento diante da crise se deve à qualidade da comida, além dos preços acessíveis. “A gente não repassou esse valor que o mercado vem cobrando. Trabalhamos sempre nessa meta de não aumentar”, explica. O movimento do Suzaku não apresentou grande queda. “Se caiu 10%, foi muito”, comemora Batista. Apesar disso, admite que a crise não passará da noite para o dia. “Eu acho que essa crise ainda vai demorar um pouco”, lamenta.

 André de Sena e Fuad Ali (3º semestre)

Tags:

Você pode gostar também

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *