CARREGANDO

O que você procura

Especiais Fotos

Templos Religiosos – Basílica Menor De Nossa Senhora Da Conceição Aparecida

Compartilhar

Vitor Altino – (2º semestre)

A Igreja Basílica Menor de Nossa Senhora da Conceição Aparecida está localizada na Praça Dom Lafayette Libânio que fica no Bairro Boa Vista na cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. A paróquia foi criada em 11 de maio de 1933, pelo Primeiro Bispo Diocesano, D. Lafayette Libânio. Ele havia recomendado a primeira Matriz provisória ao Pe. Salomão Vieira.

O principal objetivo de D. Lafayette, ao propor a obra do Santuário, era agradecer a proteção da padroeira do Brasil. Durante aquele período estava ocorrendo a Revolução Constitucionalista de 1932. D. Lafayette prometeu erguer as paredes do Santuário se o exército de Getúlio Vargas não adentrasse a cidade; não houve luta e D. Lafayette pôde cumprir a promessa. Foram os Frades Franciscanos que iniciaram a construção do Santuário. Durante o ano de 1937 foi implantada a pedra fundamental e, em 1942, começaram os trabalhos de pintura e decoração no interior da igreja. A Basílica foi planejada para ter 52 metros de comprimento e 20 metros de largura, incluindo 12 de altura, 52 metros de torre e 13 altares em mármore.

A construção incorporou majestosamente o estilo art dèco de base neorromânica, com três naves internas, sendo a de maior em tamanho, a central e duas laterais formadas por fileiras de arcos e colunas internas. Ao ocorrer o 1º Congresso Eucarístico Diocesano, no dia 31 de maio de 1940, aconteceu a primeira missa no templo católico, muito embora a consagração tenha acontecido somente em 07 de setembro de 1943.

Quem entra na igreja é fascinado por uma arquitetura extremamente rica em detalhes. O piso é de ladrilho hidráulico português – um mosaico que se parece muito com um tapete responsável pela condução de fiéis ao altar; Há também 12 colunas pintadas à mão recordando a textura do mármore, responsáveis por sustentar a construção. O teto é formado por uma sequência de pinturas com cores vivas e traços que contam as vidas de Jesus Cristo e São Francisco de Assis. Além das magníficas obras de arte, o santuário resguarda muitas relíquias, como exemplo temos o órgão de tubos, instrumento musical para a execução dos cânticos religiosos.

Em junho de 1954, o Papa Pio XII elevou o Santuário à escala de Basílica Menor e em 12 de agosto de 2007, pela opinião popular foi eleita como sendo a primeira das sete maravilhas de São José do Rio Preto e é até hoje muito frequentada pelos moradores da cidade e por viajantes devotos do Catolicismo.

Tags:

Você pode gostar também

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Próximo