CARREGANDO

O que você procura

Geral Notícias

Projetos sociais se adaptam durante a pandemia

Compartilhar

Enrico Sordili (2º semestre)

Se por um lado a pandemia do novo coronavírus incentivou muitas pessoas a olhar para o próximo, gerando uma onda de solidariedade em um momento desafiador para todos, por outro lado, parte dos projetos sociais que existiam antes da pandemia foram afetados pelo isolamento social, já que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que as pessoas fiquem em casa para evitar a transmissão do vírus. Dessa forma, os atendidos pelos projetos estão em uma situação difícil, porque parte do suporte a eles parou ou diminuiu.

No entanto, há ações que não pararam e se adaptaram à pandemia e continuam promovendo entregas de cestas básicas, projetos de iniciação esportiva, doação de roupas, entregas de marmitas a moradores em situação de rua e reforços escolares.

O projeto social “Dois Pães e Um Pingado” é um desses que se adaptou à pandemia na cidade de São Paulo. Julia Bandeira, jornalista e idealizadora do projeto que já existe há 4 anos, comenta a importância da continuidade da ação durante a pandemia. “Nós estamos na linha de frente, não podemos deixar as pessoas em situação de rua sem nosso apoio”.

Imagens: @doispaeseumpingado_sp

Julia Bandeira conta como o projeto tem agido, visto que parte dos grupos tinham parado as ações: eles entregam café da manhã às quintas-feiras de manhã na Praça da Sé, por exemplo. “Tivemos que dobrar nossa quantidade de alimentos e bebidas, pois muitos grupos que antes atendiam ali na região pararam”, ressalta. Ela comenta que receberam mais ajuda e começaram a arrecadar e doar máscaras, chinelos, roupas e cobertores aos moradores de rua da região.

Já a iniciativa da ação social “Panela Coletiva” começou na terceira semana da pandemia em São Paulo. O casal Amanda Dafoe e Cacá Machado são os idealizadores do projeto, que começou com a produção de 75 marmitas para entrega a moradores de rua. A atitude deles gerou engajamento entre o círculo de amigos e tomou grandes proporções. “A Panela Coletiva pretende chegar muito longe. A gente pensa muito longe, um remodelar da vida, de como se trabalha, e cada vez mais como entender aproximações com as comunidades para a gente fazer trabalhos mais perenes”, explica Amanda.

Imagens: @panelacoletiva

É importante ressaltar que os projetos citados agem de acordo com as recomendações da OMS para evitar o contágio e a transmissão da COVID-19.

Contatos pelo Instagram:@doispaeseumpingado_sp / @panelacoletiva

Tags:

Você pode gostar também

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Próximo