CARREGANDO

O que você procura

Cultura Geral Notícias

Round 6: a série top 1 da Netflix no mundo

Compartilhar

Wenderson Matheus (4º semestre)

A série Round 6 da Netflix, que estreou em 17 de setembro, já é a série mais assistida da plataforma, quebrando recordes ao ser acessada por 111 milhões de contas até o fechamento desta reportagem. A recordista anterior era Bridgerton, com 82 milhões de espectadores nas primeiras semanas no ar.

Round 6 ou Squid Game é uma série sul-coreana que mostra a história de Gi Hoon (Lee Jung Jae), um homem que tem uma vida financeira complicada e problemas no dia a dia: a mãe dele está doente, sua filha está indo para os Estados Unidos e está devendo para um mafioso perigoso, tendo apenas um mês para acertar a dívida. Nessa situação complicada, Gi Hoon aceita participar de um jogo em que o vencedor irá ganhar 46,5 bilhões de wons em prêmio e junto dele existem mais de 400 pessoas na mesma situação, com problemas financeiros. A série tem uma disputa por esse prêmio e pela sobrevivência.

Os jogos dessa competição são jogos clássicos de crianças, como batatinha frita um, dois, três, cabo de guerra e bolinha de gude. No entanto, Round 6 traz de forma dramática cenas de ação violentas, chama atenção por diversas reviravoltas, seus personagens principais correm riscos de vida e acontecem mortes dos envolvidos na competição. A série está envolta em muitos mistérios e tem um olhar crítico ao capitalismo. Por isso a série ganhou tanto público e voz nessas últimas semanas.

Em uma pesquisa realizada exclusivamente para esta reportagem, com cerca de 25 pessoas, foi constatado que 77% acham que a série é boa e que ela traz temas importantes que precisam ser discutidos; 85% das pessoas acham que a série tomou grande proporção, pois foi bastante comentada e divulgada durante as últimas semanas. De acordo com o levantamento, os jogos infantis e a crítica social são os pontos principais da série.

“A série busca mostrar o quanto as pessoas estão egocêntricas, desesperadas por dinheiro, muitas vezes se sujeitando a coisas terríveis. Mas também mostra o quanto tem sido difícil sobreviver com baixos recursos financeiros e como tudo é conquistado apenas por esse meio, nos tornando completamente dependentes”, alerta Graziele Paolo, formada em Recursos Humanos na Fatec de Mogi das Cruzes.

O filme “Parasita” abriu as portas para produções sul-coreanas após ganhar o Oscar de Melhor Filme em 2020. O filme também aborda temas importantes para sociedade, como a pobreza e desigualdade social. De acordo com o protagonista da série, Lee Jung, Round 6 surfa no sucesso do filme por ter questões semelhantes sobre o capitalismo e como ele atinge a sociedade de todos os níveis. “É inegável que Parasita atenuou a barreira dos 2 centímetros e meio de legendas, mas acredito que o sucesso de Round 6 também seja responsabilidade da expansão do entretenimento sul-coreano desde o início dos anos 2000. O K-pop e a televisão coreana conquistou fãs no mundo inteiro ao longo dos anos e agora se tornou parte da cultura mainstream. Então, inevitavelmente, Round 6 se insere nesse contexto”, afirma Nathalia Jesus, jornalista do Adoro Cinema.

Tags:

Você pode gostar também

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *