CARREGANDO

O que você procura

Especiais Fotos

Movimentos Artísticos – Giorgio Vasari

Compartilhar

Richel Piva – (2º semestre)

Rafael Saldanha – (2º semestre)

Joao Pedro Oliveira – (2º semestre)

Pedro Sabbadini – (2º semestre)

Nessa pesquisa sobre a vida do artista e seus movimentos, nós do grupo cinco vamos falar sobre Giorgio Vasari, um pintor, arquiteto e escrito do renascimento italiano, que viveu durante o século 15. Nessa pesquisa conterá informações da sua vida profissional e pessoal e também da sua contribuição para a arte na história.

Giorgio Vasari, nasceu em 1511 e morreu em 1574 com 62 anos, foi um pintor, arquiteto e biógrafo italiano, produziu suas obras na fase final do Renascimento. Tornou-se famoso ao escrever biografias dos artistas do Renascentismo italiano, que se tornaram essenciais para a história desse período.

Vasari nasceu em Arezzo, na região de Florença, Itália, no dia 30 de julho de 1511. Ainda jovem, tornou-se discípulo de Guglielmo da Marsiglia, um pintor de vitrais. Sob a proteção da família Médici, formou-se artisticamente em Florença, onde estudou no círculo do famoso pintor italiano Andrea del Sarto.

Vasari tornou-se um admirador de Michelangelo e vivia em sua volta. Gostava de qualificar o pintor e sua arte como “divino”.

Seus conhecimentos teóricos e a rapidez com que trabalhava converteram-no em um dos mais requisitados pintores da época. Suas obras concebidas nos moldes do maneirismo ficaram famosas pois tinham características de leveza e sofisticação.

Em 1542, já muito bem sucedido, Vasari comprou um palacete em Arezzo, e com a ajuda de seus discípulos trabalhou na restauração e decoração entre 1542 até 1548. Após seu casamento com Niccolosa Bacci, o artista viveu ali até 1550, quando assumiu novos compromissos em Roma e depois em Florença. Hoje no local funciona o Museu e Casa Vasari.

O renascentista italiano Giorgio Vasari possuía características específicas no ramo da pintura. A presença de temas cristãos, a exposição de sentimentos e expressões e a relação com o Maneirismo compunham as obras de Vasari.

O artista produziu diversas obras e pinturas importantes para a história da arte italiana, como Seis Poetas Toscanos (1544) e Perseu e Andromeda (1572). A obra de 44 agrupa grandes filósofos, como Dante Alighieri e Guido Calvacanti, dos séculos 13 e 14 em uma conversa literária. Os objetos na mesa representam matérias escolares, como astronomia, geometria, gramática e a retórica.

O principal livro do artista é “As Vidas dos mais Excelentes Pintores, Escultores e Arquitetos”, (1550) no qual Vasari exalta artistas florentinos como responsáveis pela história da arte Renascentista. Conhecido como “Le Vite”, é considerado um dos livros sobre arte da literatura antiga mais célebres e lidos no ocidente, uma das obras renascentistas sobre arte mais influentes, e um dos textos fundadores da moderna historiografia artística.

Giorgio Vasari ainda fez parte de grandes projetos de arquitetura, como as construções para a Ordem dos Cavaleiros de Santo Estevão em Pisa, e a reforma do Palácio Vecchio, em Florença.

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *