CARREGANDO

O que você procura

Especiais Fotos

Templos Religiosos – Catedral de Sevilha

Compartilhar

Clara P. Leandrini de Camargo – (2º semestre)

Declarada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO desde 1987, a Catedral de Sevilha é considerada a maior da Espanha e a terceira maior do mundo, ficando atrás apenas da Basílica de São Pedro, no Vaticano, e da Basílica de Nossa Senhora de Aparecida, em Aparecida no Brasil.

Sua construção original em tijolos levou cerca de 15 anos para ser finalizada em 1198. Foi consagrada como catedral em 1248 após a reconquista do Rei Santo Fernando III. Pouco mais de um século após sua inauguração em 1365, um terremoto destruiu boa parte de sua estrutura.

Depois do desastre, o capítulo da catedral ordenou a construção de uma nova igreja. Essa nova obra teve início em 1401 e se estendeu até meados de 1506. Sua última obra expressiva aconteceu em 2008 e contou com a substituição de 576 silhares que moldavam os pilares de sustentação do templo.

É considerada a maior catedral gótica do mundo com incríveis 11.520m2. A Catedral é dividida em 11 partes exteriores e 10 partes internas. Além da proporção estrondosa que dispõe em sua instalação, a catedral chama a atenção de turistas do mundo todo devido a riqueza na quantidade e detalhamento em suas finas obras de arte em suas capelas e sacristia e elementos decorativos, assim como o campanário da catedral, localizado na torre La Giralda, que conta com uma altura de 96 metros, oferecendo uma vista completamente única do templo e de toda a extensão da cidade.

NO templo, existem outros pontos turísticos que merecem destaque, como o Retábulo Maior, o maior que existe no mundo cristão, a obra é talhada em madeira policromada com 400m2 com a figura de mais de 200 santos; Assim como Tumba de Cristóvão Colombo e o passeio panorâmico pelo teto da catedral que oferece ao visitante uma vista panorâmica do seu entorno, partindo de um ponto de vista único.

No interior da catedral se encontra o Pátio das Laranjeiras, onde havia uma fonte de uma antiga mesquita onde, segundo a tradição arábica, se lavava as mãos e os pés sob as laranjeiras antes de rezar.

Sua sacristia abriga inúmeras obras de arte, além dos locais de sepultamento de grandes personalidades da história como Cristóvão Colombo, Pedro I de Castela, Afonso X de Leão e Castela, Fernando Colombo e Maria de Padilla.

As visitas á Catedral acontecem entre as 11h às 15h30 às segundas, 11h ás 17h de terça a sábado e aos domingos das 14h30 ás 18h. O custo da entrada é em média 9 euros para adultos, 4 euros para aposentados e estudantes menores de 25 anos e é gratuita para menores de 14 anos. Nas segundas feiras entre as 16h30 e 18h é possível fazer visita audioguia gratuita, disponível em espanhol e inglês, reservando com ascendência.

Já em relação ao transporte, o templo possui fácil acesso por estar muito bem localizado ao lado da estação de metrô Puerta de Jerez e uma grande disponibilidade de linhas de ônibus em seu entorno.

Tags:

Você pode gostar também

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *