CARREGANDO

O que você procura

Geral

Projeto SalvaCão realiza evento beneficente

Compartilhar

Laika, uma cadelinha que foi adotada via projeto SalvaCão

 

“É considerado crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. Esse texto, pertencente à Lei Federal n° 9.605, de 1998, serviu para inspirar a criação do Projeto SalvaCão, que tem pouco mais de um ano de existência e realizará, no próximo dia 24, um evento beneficente em São Paulo.

Em março de 2011, Luiz Cesar Pimentel, Janaina Reis, Tatiana Izquierdo, Adriana Walch, Renata Ferraz, Andrea Giusti e Alessandra Siedschlag criaram o projeto com o objetivo de tirar animais das ruas ou de situações de maus-tratos. Todos já eram ligados ao tema e faziam algo relacionado à ajuda de animais – por isso, a ideia saiu do papel de modo mais fácil.

“É difícil estimar quantos contribuem por meio da internet. Às vezes, temos um novo resgatado precisando muito, as pessoas acabam se comovendo e doando mais”, contou Alessandra Siedschlag, uma das criadoras do projeto.  O SalvaCão é inteiramente mantido por doações. Há, em média, 50 colaboradores mensalmente.  O projeto não tem, ainda, um espaço físico definido. Os animais são mantidos em hotéis até encontrar um lar; por isso, a ajuda financeira é essencial para o andamento das atividades. “A pessoa pode não resgatar um cão da rua diretamente, mas pode contribuir para a gente fazer isso cada vez mais”, disse Siedschlag. Enquanto esperam ser adotados, os animais realizam exercícios, são alimentados, têm acompanhamento veterinário e passam por adestramento. “Essa etapa é o nosso maior gasto do mês”, informou Alessandra.

No próximo dia 24, um evento beneficente promovido pelo Projeto SalvaCão no bairro da Barra Funda, em São Paulo, pretende arrecadar recursos. “Às 10h, no buffet Vila da Arte, faremos um bazar com tema de festa junina. Artistas e anônimos doaram serviços e produtos para a venda. Em paralelo, estamos realizando um leilão por meio do Mercado Livre, também com peças autografas por artistas”, contou Alessandra.

Os meios de ajudar o Projeto SalvaCão são:

-Fazer depósitos pela Vakinha Online

-Divulgar a página do projeto pelo Facebook

-Oferecer um lar temporário até o animal ser definitivamente adotado

-Adotar um dos cães

Anita Efraim (1º semestre)

Tags:

Você pode gostar também

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *