CARREGANDO

O que você procura

Especiais Fotos

Pelo Mundo ESPM – Mendonza

Compartilhar

Isabella Tezzi – (2º semestre)

Mendoza é uma cidade argentina localizada ao pé da cordilheira dos Andes, conhecida pelas suas belezas naturais e por ser referência dentre os vinicultores, devido à incrível qualidade dos vinhos em que lá são produzidos.

Além disso, a cidade ainda é responsável por cerca de 70% da produção argentina da bebida, fazendo-a ser conhecida como “a capital dos vinhos argentinos”, além de ser uma das principais regiões vinicultoras das Américas.

Sua história começou em 1561, quando foi fundada, ao longo de canais de irrigação, e recebeu tal nome em homenagem ao militar espanhol, García Hurtado de Mendoza, que delegou a Pedro de Castilho a função de fundar a cidade.

Capital da província de seu mesmo nome, Mendoza logo teve seus primeiros contatos com a vinicultura, a partir de videiras que vieram do Chile. No entanto, a produção de vinho na região só se tornou notável, a partir da chegada de imigrantes europeus, na cidade.

Como pode-se perceber, a história de Mendoza está fortemente ligada aos vinhos em que lá são produzidos, mas tal notoriedade nesta área só foi possível devido ao clima da região. A cidade possui um clima árido e seco, com alta amplitude térmica, variando de uma média de 25°C, no verão, para uma de -10°C, no inverno.

Mendoza ainda tem como característica dias mais ensolarados e, em contrapartida, geadas noturnas. Assim, os dias quentes ajudam a aguçar o açúcar da uva, enquanto as noites frias favorecem a produção do chamado tanino.

Além disso, por ter um solo desértico, a água utilizada na produção dos vinhos é proveniente do degelo da neve da Cordilheira dos Andes. Formando-se, por fim, um lugar perfeito para o plantio e colheita das uvas que são utilizadas na produção dos vinhos de Mendoza.

“A capital dos vinhos argentinos” tem, ainda, ótimas opções de passeios turísticos, não apenas ligados ao mundo dos vinhos. Como Mendoza está localizada aos pés da Cordilheira dos Andes, existem estações de esquis que recebem visitas turísticas ao longo do ano, mas, principalmente, no inverno.

No entanto, como o vinho é o protagonista da região, o chamado “Caminho do vinho” é um grande atrativo para os turistas que pretendem degustar diversos sabores da bebida, percebendo a variedade nos seus processos de elaboração, ao longo das sub-regiões da Província de Mendoza.

Sendo assim, a região é um destino perfeito para aqueles que apreciam a arte da vinicultura e amam degustar um bom vinho argentino.

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *