CARREGANDO

O que você procura

Especiais Fotos

Pelo Mundo ESPM – República Árabe Síria

Compartilhar

Lucas Tadeu – (2º semestre)

A República Árabe Síria é um país da ásia ocidental, fazendo fronteira com o Líbano no oeste, a Turquia no Norte, o Iraque no leste, a Jordânia no sul. O país teve sob o domínio de diversos povos, alguns como hebreus, egípcios, sumérios e babilônios. Durante a primeira guerra mundial, a Síria foi administrada pela França até a independência em 1946. A retirada das tropas francesas somente foi concluída em 1947. Após a independência, o país se envolveu em diversas guerras, como em 1948, as forças sírias lutaram contra a divisão da Palestina e, em 1957, durante a Guerra do Suez, foram aliadas do Egito, atacado por Israel, França e Inglaterra. Em 1958, a Síria e o Egito iniciaram uma experiência de unificação política por meio da República Árabe Unida, que foi um ambicioso projeto impulsionado por Gamal Abdel Nasser, que teve curta duração, e, portanto, em 1961, os dois países voltaram a ser estados distintos, assim a república Árabe Síria surgiu. Homs é uma cidade a oeste da Síria e foi nesta cidade onde eclodiu a guerra civil do país. O Cerco de Homs foi uma série de operação de combate conduzidas por forças militares leais ao presidente Bashar al-Assad, no âmbito da Guerra Civil Síria, contra a cidade de Homs que, segundo o governo, estava sob controle de "grupos terroristas". Começando em abril de 2011, os protestos populares contra o governo rapidamente virou uma sangrenta batalha, com combates nas ruas sendo travados pelas forças de segurança contra soldados desertores e civis armados do auto-proclamado Exército Livre da Síria. Por ter se iniciado na cidade, muitos sírios se referiam a Homs como a "Capital da Revolução". Em maio de 2014, os últimos combatentes rebeldes se retiraram e o regime anunciou que havia assumido total controle da região. Mais de 28 mil pessoas já haviam morrido em Homs. O total real ainda não é possível de ser medido, mas acredita-se que muitas mais mortes tenham acontecido. Krek de cavaliers Fortaleza dos Cavaleiros, também chamada Fortaleza dos Curdosl é um castelo cruzado na Síria e um dos mais importantes castelo medievais preservados. O castelo fica no topo de uma colina de 650 metros de altura a leste de Tartus, na Síria, na fenda de Homs. Do outro lado da fenda, a 27 quilômetros de distância, encontrava-se o Castelo Gibelacar do século XII Durante a guerra civil, o castelo era um belo ponto estratégico para os rebeldes que ali ocuparam, logo o castelo foi bombardeado em agosto de 2012 pelo Exército Árabe Sírio, e a capela cruzada foi danificada.O castelo teria sido danificado em julho de 2013 por um ataque aéreo durante o Cerco de Homs, e mais uma vez em 18 de agosto foi claramente danificado. Hoje, a Síria não está mais em guerra, mas claramente é um país onde sofre as consequências e está longe de se estabilizar.
Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *