CARREGANDO

O que você procura

Jornalismo Esportivo

Cuiabá ingressa na elite do futebol brasileiro pela primeira vez

Compartilhar

Leonardo Selvaggio, Pedro Lopes, Pedro Carvalho, Rafael Falino (Oficina de Jornalismo Esportivo). Colaboração: Gabriel Mayer (Portal de Jornalismo)

O Brasileirão 2020 mal acabou e já tem data marcada para sua reestreia, 30 de maio deste ano é o programado. Apesar do Flamengo ser campeão pela segunda vez seguida, o campeonato conta com algumas novidades, e uma delas é a participação do Cuiabá Esporte Clube. Com apenas 19 anos de idade e fundado pelo ex-jogador Luís Carlos Tóffoli, conhecido no mundo da bola por Gaúcho, o Cuiabá disputará pela primeira vez em sua história a série A do Campeonato Brasileiro.

A história começa quando Gaúcho, em 2001, cria o Cuiabá para disputar campeonatos amadores de categoria de base, levando em seu escudo o obelisco do centro geodésico, que é um marco onde se localiza o centro da América do Sul, com a ideia de seu time estar no coração do continente. Em 2003 entra para o futebol profissional e disputa sua primeira final estadual, contra o Barra do Garças, e conquista seu primeiro título na presença de 10 mil torcedores. No mesmo ano participou da série C do Brasileirão e no seguinte foi campeão pela segunda vez seguida do campeonato estadual e vice da Copa Verde. Em 2005 participou pela primeira vez da Copa do Brasil.

Entre os anos de 2006 e 2008, o clube se viu na necessidade de fechar as portas porque a não renovação com seu patrocinador implicou em uma falta de recursos para prosseguir com o projeto. Já em 2009 voltou com tudo disputando a segunda divisão e conseguiu ser vice-campeão do campeonato do Mato Grosso e também da Copa Governador, em 2010. O Cuiabá disputou a Série D do Brasileirão em 2011, conquistando acesso para a próxima divisão do ano seguinte. Dois anos depois conquistou seu primeiro título do campeonato mato-grossense após a reabertura do clube. Hoje, quase 12 anos depois de sua volta, o torcedor auriverde pode dizer que o clube está na elite do futebol brasileiro.

Imagem: Instagram do Clube
Legenda: Equipe do Cuiabá posando para uma partida da Copa do Brasil

 

A temporada do acesso

A campanha na Série B de 2020 passou pela mão de dois técnicos, Marcelo Chamusca e Allan Aal. Chamusca, que estava no Cuiabá desde o final de 2019, deixou a equipe logo após o início do segundo turno, com destino ao Fortaleza, clube que disputa a Série A. A partir daí, Allan Aal assumiu o comando do Cuiabá, que era terceiro colocado, com 36 pontos somados. Aal teve dificuldades no início, em certo momento de seu trabalho o clube até chegou a deixar o G4 do campeonato, mas com o tempo conseguiu recolocar o time nos trilhos e terminar na quarta colocação, com 17 vitórias, 10 empates e 11 derrotas, somando 61 pontos e comemorando o tão sonhado acesso para a elite do futebol brasileiro.

Seus principais artilheiros foram: Élton, atacante, com 9 gols marcados, Jenison, centroavante, com 7 e Rafael Gava com 6. Nas assistências quem dominou foi o meia-atacante Elvis (6), seguido pelos meio-campistas Felipe Ferreira (4) e Rafael Gava (3). A equipe mato-grossense teve um desempenho regular ao longo do campeonato, sendo o 5º time com mais gols feitos (48) apenas atrás de Ponte Preta, Juventude, CSA, e Sampaio Correa. E em gols sofridos (40) acabaram ficando em 7º.

Além da série B o clube fez uma grande campanha pela Copa do Brasil alcançando as quartas de final. Durante o caminho eliminou o Botafogo – RJ. Na rodada seguinte foi eliminado pelo finalista do mesmo ano, o Grêmio, comandado por Renato Gaúcho. A partida terminou 4 a 1 para a equipe tricolor. Também na Copa Verde chegou longe, mas não onde os torcedores esperavam. O time mato-grossense chegou até as quartas de final, sendo derrotado pelo Vila Nova.

Imagem: Twitter pessoal jogador
Legenda: Atacante Élton comemorando gol pelo Cuiabá.

 

Expectativas para primeira divisão

O Cuiabá inicia a temporada de 2021 perdendo seu treinador Allan Aal para o Guaraní – SP, portanto, segue, neste momento no mercado em busca de um técnico antes do início da Série A. Luiz Fernando Iubel, auxiliar técnico, segue comandando interinamente a equipe.

Torcedores e até a imprensa local seguem atentos e com muita expectativa com o desempenho do Cuiabá, como é o caso de Pedro Lima, jornalista setorista do Cuiabá pelo portal Olhar Esportivo. Pedro conta que “o clube tem como objetivo a permanência na Série A, porém, sonhando um pouco mais alto, vê como “espelho” o Atlético-GO, clube que conseguiu o acesso em 2019 e já na primeira temporada na elite, classificou-se para a Copa Sul-Americana.”

Já o jornalista da rádio Jovem Pan e do Portal Uol, Mauro Beting, tem algumas incertezas em relação a campanha do time, mas também acredita numa possível permanência: “Pode lutar sim pela permanência, mas precisa se reforçar muito, até pelo fato de não ter uma grande torcida, ser um novo time do estado que não disputa há muito tempo a série A, desde 1986. E tudo isso deve pesar pro Cuiabá.”

Ainda sobre a temporada de 2021, Pedro Lima afirma que na cidade a expectativa é muito alta, mesmo existindo uma certa desconfiança com um possível “bate e volta” na Série A por parte de torcedores que não acompanham tanto a equipe. O jornalista exalta o trabalho da diretoria, que desde a reabertura vem investindo mais a cada ano. “É um trabalho de longo prazo que pode ser coroado com uma ótima campanha na elite do futebol brasileiro”, ressalta Lima.

Imagem: Instagram pessoal Legenda: Pedro Lima – Jornalista setorista do Cuiabá

 

Contratações

Para a temporada 2021 o Cuiabá precisou reforçar a equipe com peças de “calibre de Série A”, mostrando alto investimento e uma presença ativa no mercado de transferências. Abaixo listamos quem chega e quem sai:

 Quem chega  

  • Bruninho (Meia) ex-Tupynambás – MG
  • Walber (Zagueiro) chega por empréstimo vindo do Atlhetico-PR
  • Uillian Correia (Volante) ex-Red Bull Bragantino
  • Osman (Atacante) ex-Coritiba
  • Walter (Goleiro) ex-Corinthians
  • Jonathan Cafú (Atacante) ex-Corinthians
  • Marllon (Zagueiro) ex-Corinthians
  • Uendel (Lateral) ex-Internacional
  • Camilo (Meia) chega por empréstimo do Lyon- FRA
  • Guilherme Pato (Atacante) chega por empréstimo vindo do Internacional
  • Paulão (Zagueiro) ex-Fortaleza

Imagem: AssCom Dourado
Legenda: Goleiro Walter sendo apresentado no Cuiabá.

 

Quem sai

Por conta de final de contrato:

  • Ednei (Zagueiro)
  • Willian Barão (Zagueiro)
  • Lenon (Lateral)
  • Jean Patrick (Meio Campista)
  • Gabriel Caju (Meio Campista)
  • Nenê Bonilha (Meio Campista)
  • Gabriel Silva (Atacante)
  • Willians Santana ( Atacante)
  • Perdigão (Atacante)

 Fim de empréstimo

  • Romário (Lateral)
  • Lucas Ramon (Lateral)
  • Eduardo Kunde (Lateral)
  • Matheus Barbosa (Meio Campista)
  • Felipe Ferreira (Meio Campista)
  • Maxwell (Atacante)
  • Marcinho (Atacante)
  • Yago (Atacante)

Negociados

  • Jenilson (Atacante) foi emprestado para o Novorizontino
  • Felipe Marques (Atacante) foi emprestado para a Ferroviária
  • Matheus Nogueira (Goleiro) foi emprestado para ao XV de Piracicaba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *